Barranco cede e três residências são destruídas em bairro da Serra

A casa, onde estava a família, ficou totalmente destruída. Foto: Reprodução

Três residências foram destruídas depois que um barranco cedeu na madrugada deste sábado (15), por volta das 4 da manhã, em Serra Dourada III, na Serra. Segundo informações de moradores, quatro pessoas ficaram feridas. Duas das vítimas foram identificadas como Wendel Cristiano Coelho e Lauriana Nonato de Souza.

Em entrevista a TV Tribuna, o mecânico Ronaldo Nascimento, proprietário da residência do ponto mais alto do barranco, contou que o problema pode ter sido provocado por um vazamento em uma tubulação de água, que encharcou o solo. “Eu vi a casa começar a trincar e falei com a minha esposa, vamos tirar os meninos (os filhos). Fui para a casa de um vizinho, em Porto Canoa, quando me ligaram que a minha casa tinha caído”, explicou.

A casa de Ronaldo caiu e atingiu outras duas residências. Em uma delas, que ficou parcialmente destruída, estava uma grávida, que conseguiu ser retirada à tempo. Ela teve ferimentos leves. Já na outra residência, onde estavam um casal e um filho, ficou completamente destruída. Os três ficaram debaixo dos escombros, mas foram socorridos com vida.

Uma equipe da Defesa Civil da Prefeitura da Serra esteve no local e interditou todos os imóveis da região. A Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) também enviou uma equipe ao local e disse que vai analisar o caso. “Vamos aguardar um laudo da Defesa Civil e da Cesan para saber o que realmente aconteceu. A Cesan possui rede de água em Serra Dourada 3, mas há muitas redes clandestinas. Por enquanto, estamos dando total assistência às famílias”, explicou

 

Weslei Radavelli, com informações da TV Tribuna, Raphael Schuller e Milena Martins

'



  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *