Campeã mundial de kickboxing luta no Espírito Santo

A lutadora Barbara Nepomuceno é primeira brasileira campeã mundial de kickboxing. Foto: Anderson Mendes

A capixaba Barbara Nepomuceno é um dos maiores nomes do kickboxing nacional. E vai ter a merecida chance de ser a estrela do principal evento da modalidade da América Latina, lutando em casa.

No próximo dia 22, a ex-professora de Geografia faz a luta principal do WGP 39, na Arena Vitória, na capital. Barbara é a atual detentora do cinturão dos supermédios (acima de 70 kg) do WGP, conquistado em 2016, e defende o título contra a paranaense Val Stanski, que estreia no evento.

Natural de Cariacica, a lutadora fez história ao se tornar a primeira atleta do País a ser campeã mundial de kickboxing nas modalidades de ringue, em 2014.

Hoje, aos 27 anos, ela tenta manter os 100% de aproveitamento (venceu as duas lutas que disputou) no WGP.

“Para mim é uma alegria imensa poder lutar na minha terra, ter a torcida a meu favor, ver minha família e amigos prestigiando uma luta minha no WGP. Tenho certeza que será um lindo show, pois estou me preparando muito”, declarou.

A lutadora falou sobre a pressão de ser a detentora do cinturão.

“Acredito que a manutenção do título é muito mais difícil do que alcançá-lo. Existe sempre uma cobrança maior por ser a campeã e é natural que as pessoas esperem sempre uma apresentação impecável”, comentou.

Barbara foi professora de Geografia até o final de 2014. Desde 2015, a fera se dedica exclusivamente ao kickboxing.

Para conquistar mais uma vitória, mantém uma rotina intensa de treinos, coordenada pelo mestre Augusto Nasser, da Team BigG.

“Pela manhã eu treino a parte técnica e, à tarde, faço a parte física. Quando vai se aproximando do evento, diminuo a carga de treinos para evitar o desgaste e chegar bem para a luta”, disse.

A campeã também tenta repassar seus conhecimentos, dando aulas de kickboxing em uma academia de Vila Velha. Ela conta que o esporte vem ganhando cada vez mais adeptos no País.

“Já havia um trabalho sério com a Confederação Brasileira de Kickboxing. E agora, com a oportunidade do atleta amador se profissionalizar e lutar em grandes eventos, isso tem animado as pessoas com a prática da modalidade”, ressaltou.

 

Os números

Campeã do WGP Kickboxing

Campeã Mundial de Kickboxing

Bicampeã Sul-americana de Kickboxing

Tricampeã Panamericana de Kickboxing

Heptacampeã Brasileira de Kickboxing

 

Sobre o WGP

O WGP #39 acontece em Vitória, no próximo dia 22, na Arena Vitória, à partir das 18h30.

A capixaba Barbara Nepomuceno, dona do cinturão dos supermédios do WGP, faz a luta principal da noite contra a paranaense Val Stanski, estreante na organização.

O evento terá o Challenger GP dos meio-médios. Em uma das semifinais está o capixaba Weber “Shrek”, que luta contra o argentino Sebastian Martino.

Haverá também as superlutas com destaques do cenário sul-americano, como o duelo entre o chileno Ramon Rozedo e o capixaba Guilherme Lírio.

Reportagem de Eduardo Alencar

'



  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *