Grand Parc: Laudos técnicos de especialistas de renome nacional comprovam que erros da empresa de cálculo estrutural causaram o desabamento da área de lazer

.header-top-left {margin-bottom: 10px !important;}.header-top-right {display: none !important;}

Conteúdo Patrocinado


Apuração dos fatos

Em resposta imediata ao acidente no Condomínio Grand Parc, ocorrido em Julho de 2016, a Incortel, como uma das empresas participantes do empreendimento, solicitou a especialistas independentes, reconhecidos nacionalmente no campo da engenharia, de reputação ilibada, com ampla experiência e especialização em sinistros, a realização de uma perícia técnica consistente e incontestável. A análise estrutural considerou o comportamento da laje colapsada no período de 0 a 1800 dias, o que possibilitou apurar de forma precisa e irrefutável a causa do desabamento.

Qualificação das empresas que realizaram a perícia

CNEC – Costa Negraes Engenharia e Consultoria Ltda: tem como responsável, o engenheiro civil Antonio Carlos Costa Negraes, especializado em Estruturas, cálculo estrutural e investigação de sinistro em empreendimentos de grande porte por todo o Brasil.
Professor da Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado e da Universidade Mackenzie; consultor de Cálculo Estrutural do Grupo Falcão Bauer; membro representante, consultor honorário e colaborador de institutos internacionais nos Estados Unidos e no Canadá; membro da AISI -American Iron and Steel Institute, da AISC –American Institute of Steel Construction e da Canadian Institute of Steel
Construction.

Projest Consultoria e Projetos: empresa com mais de 50 anos no mercado, especializada em projetos e verificação de cálculos estruturais e considerada referência de qualidade na área de engenharia estrutural. A Projest foi responsável por mais de 4 mil projetos em todo o país, entre eles, importantes obras do arquiteto Oscar Niemeyer.

Uso de Softwares Avançados

SOFISTIK: Para maior precisão dos resultados, a Costa Negraes Consultoria e Engenharia utilizou o Software Alemão Sofistik-AG/2016. Por sua credibilidade e precisão amplamente comprovada, este programa é líder no mercado europeu e usado por centenas de empresas em todo o mundo para verificação de cálculos estruturais. Permitindo a análise precisa das estruturas e o seu comportamento no decorrer do tempo, o Sofistik é um dos mais avançados softwares para cálculo e projetos de construção. A empresa produtora está entre as principais desenvolvedoras de software para elementos finitos na indústria da construção mundial. (www.sofistik.com).

TQS: A Projest Consultoria e Projetos utilizou o Software TQS, que está há mais de 30 anos no mercado. Com mais de 6 mil clientes e cerca de 11.000 instalações, o TQS é um dos principais Softwares utilizados para cálculo estrutural, especialmente em concreto protendido. (www.tqs.com.br).

Critérios para análise

Os Laudos elaborados pela CNEC e a Projest seguiram rigorosamente os procedimentos e protocolos aprovados e adotados mundialmente nas análises estruturais, de acordo com as normas reguladoras: Norma Brasileira, NBR 6118, e normas internacionais, Norma Americana ACI 318 e a Norma Europeia Eurocode 2.

Conclusões dos laudos dos especialistas

Ambas as empresas, realizando trabalhos completamente independentes e utilizando softwares distintos, chegaram à mesma conclusão: o colapso da área de lazer do Condomínio Grand Parc foi provocado por erros de cálculo da empresa responsável pelo projeto.

Transparência e Compromisso com a verdade

Os especialistas das empresas CNEC e Projest , responsáveis pelos laudos, estão à disposição das autoridades competentes para quaisquer esclarecimentos necessários. Os laudos na íntegra, assim como o resultado da análise realizada pelo Software Sofistik, estão à disposição, na sede da empresa. Ao tornar pública a conclusão dos laudos, a Incortel reitera o seu compromisso com a verdade e a apuração transparente e justa dos fatos.

Anexo 1: Conclusão

 

Anexo 2: Conclusão

'