Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Não é só pelo contingenciamento
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Não é só pelo contingenciamento

Assim como as manifestações de 2013 não foram só pelos 20 centavos a mais na passagem do transporte coletivo – e abraçaram pedidos por melhoria nos serviços públicos –, quem foi para as ruas nessa quarta-feira (15) em todo o País não pediu apenas o fim dos contingenciamentos a universidades e institutos federais.

O Ministério da Educação (MEC), desde o início da gestão Bolsonaro, tem sido alvo de constantes disputas, polêmicas e confusões. A briga entre olavetes e militares resultou em dezenas de demissões – inclusive a do primeiro ministro, Ricardo Velez – e a troca de comando não estancou as polêmicas na pasta, que já tinha orientado professores a filmar alunos cantando hino.

O novo ministro, Abraham Weintraub, defendeu menos recursos para Ciências Humanas, incentivou alunos a filmarem professores em sala de aula, classificou atividades universitárias como “balbúrdia” e agora anuncia o contingenciamento, a gota d'água para estudantes e professores – chamados de “idiotas úteis” pelo Presidente – tomarem as ruas.

Sessão encerrada
Temendo que estudantes e professores ocupassem a Assembleia, o deputado Torino Marques (PSL), que presidia a sessão, a encerrou 1h10 mais cedo, sob os protestos de Hércules Silveira (MDB) e Iriny Lopes (PT). Os manifestantes saíram em passeata da Praça do Papa e se concentraram na escadaria do Legislativo, que teve a porta fechada.

Casagrande faz apelo
O governador Renato Casagrande fez um apelo nessa quarta, durante o lançamento do programa Qualificar ES, ao presidente Bolsonaro para que reveja o contingenciamento.

“O corte estabelecido abruptamente pode e vai provocar uma redução na qualidade dos serviços e paralisação. Peço ao governo federal que possa refletir sobre essa decisão”, discursou.

Patinete elétrico na mira
Após São Paulo regulamentar o uso de patinetes elétricos, Vitória vai discutir, no próximo dia 6, ações para melhorar a segurança para pedestres e usuários de patinetes. A reunião foi proposta pelo vereador da capital Davi Esmael e vai ocorrer na Comissão de Políticas Urbanas da Câmara, às 14 horas.

Urgência para votar aumento
Os vereadores de Vitória derrubaram a sessão ordinária e fizeram uma extra para aprovar projeto da prefeitura que dá aumento de 4% para prefeito, vice-prefeito, secretários, servidores e também para os vereadores.

O reajuste para todos estava num único projeto. A votação contou com o voto contrário do vereador Roberto Martins, a abstenção de Davi Esmael e a ausência de Max da Mata.

“Meu sonho é ser senador”, confessa Manato
O ex-deputado Carlos Manato, que concorreu ao governo na eleição passada, disse que vai priorizar a reeleição da mulher, a deputada federal Soraya Manato e, por isso não vai disputar a Câmara. “Posso tentar qualquer coisa, menos a Câmara Federal, por causa da Soraya. Se eu puder escolher, vou tentar o Senado. Meu sonho é ser senador”.

Manato também descartou disputar no ano que vem. “Não sou candidato a prefeito da Serra”, garantiu.

Galeria

Encontro do Crea
O Crea-ES faz nesta quinta-feira (16), em Cachoeiro de Itapemirim, o 1º Encontro Microrregional de 2019, que será preparatório para o Congresso Estadual de Profissionais da área tecnológica. O evento acontece na inspetoria do Conselho e vai debater propostas para engenharia, agronomia e geociências.

Mais recursos
O deputado Amaro Neto (PRB) conseguiu liberar, junto ao Ministério da Saúde, R$ 225 mil para a compra de equipamentos médicos para a Santa Casa de Cachoeiro. O recurso estava retido no ministério desde 2017.

Debate no Senado
O Colégio de Líderes do Senado vai debater, na próxima terça-feira (21), sobre o contingenciamento de recursos para a Educação. A reunião foi proposta pela senadora Rose de Freitas. Nessa quarta, o ministro da Educação foi sabatinado na Câmara Federal.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados