Search
domingo 19 novembro 2017
  • :
  • :

Após campanha, cobrador consegue devolver troco a passageira

A zeladora Fabiana da Silva recebeu o seu troco das mãos do cobrador de ônibus Gabriel Litocart

A zeladora Fabiana da Silva recebeu o seu troco das mãos do cobrador de ônibus Gabriel Litocart. Foto: Roberta Bourguignon

A procura do cobrador Gabriel Litocart finalmente chegou ao fim. Na tarde dessa quinta-feira (9), ele encontrou a passageira que esqueceu o troco no ônibus municipal de Guarapari e devolveu os R$ 17,20 para ela.

O caso aconteceu no último sábado (4) quando Gabriel recebeu uma nota de R$ 20 e não tinha o troco para dar na hora. Ele pediu que a passageira esperasse para receber o dinheiro, mas ela desceu do coletivo sem o troco. Desde então ele vinha fazendo uma campanha nas redes sociais para encontrar a passageira.

A dona do dinheiro é a zeladora de um condomínio localizado no Centro, Fabiana da Silva, 32. Ela contou que no dia que esqueceu o troco estava voltando do trabalho e precisava do montante para pagar uma conta.

“Eu costumo ir a pé para casa, mas estava muito cansada então embarquei no ônibus. Eu não conhecia o Gabriel e quando passei na roleta ele não tinha troco e falou para eu sentar que depois me dava, mas o ônibus foi enchendo e ele esqueceu e eu também esqueci e desci sem o dinheiro”, disse.

Ela contou que não tentou recuperar o dinheiro e já o considerava perdido. E disse ainda que não sabia da campanha do cobrador.

“Eu tinha desinstalado o Facebook e só depois fui ver que ele tinha feito bastante coisa procurando a pessoa. Foi quando eu vi uma reportagem que fiquei sabendo que ele estava me procurando”.

E completou. “O dinheiro fez muita falta e foi uma atitude muito honesta dele porque é muito difícil hoje alguém fazer isso”, disse a zeladora.

Gabriel revela que entregar o dinheiro o deixou aliviado. “No momento em que me disseram que tinham achado a dona do dinheiro me tirou um peso da consciência. O dinheiro não era meu. Era dela e eu tinha a obrigação de devolver. Fiquei feliz e até me bateu uma ansiedade para devolver”.

Reportagem: Roberta Bourguignon




  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *