Search
terça-feira 22 agosto 2017
  • :
  • :

Atlético Mineiro e Flamengo, um “clássico de decepções”?

Sem Diego, Éverton Ribeiro vai organizar o meio-campo do Fla. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Atlético-MG e Flamengo iniciam o segundo turno do Campeonato Brasileiro neste domingo (13), às 16h, buscando minimizar os fracassos na temporada. No início do ano, as duas equipes eram cotadas para serem protagonistas nas principais competições, mas, até então, não corresponderam às expectativas.

Na última quarta-feira (9), o time alvinegro foi eliminado nas oitavas de final da Taça Libertadores pelo Jorge Wilstermann, da Bolívia, atuando em casa. Duas semanas antes, o Atlético caiu nas quartas da Copa do Brasil diante do Botafogo. A campanha no Brasileiro também é frustrante: é o 15º colocado, com 23 pontos, apenas quatro a mais que o primeiro time na zona de rebaixamento, o São Paulo.

O momento crítico dos alvinegros ainda passou pela demissão, no último dia 20, do técnico Roger Carvalho, que estava no clube desde novembro do ano passado. O escolhido para assumir o posto foi Rogério Micale, treinador campeão olímpico pela seleção brasileira em 2016. O novo comandante tem apenas cinco jogos pelo time mineiro -três derrotas, um empate e uma vitória- e já acumula eliminações nas duas principais competições mata-mata do calendário.

“Temos confiança nos jogadores. Temos que nos fechar mais, trabalhar mais, falar menos e dar a resposta onde ela tem que ser dada, que é dentro de campo. Vamos fazer isso”, afirmou Micale.

O Flamengo também tenta juntar os cacos após decepções. O time iniciou o ano cercado de boas projeções, mas saiu da Libertadores, competição que tratava como prioridade, ainda na fase de grupos. A conquista do Brasileiro também já parece distante -o time é o quinto na tabela, mas soma 29 pontos, 18 a menos que o líder Corinthians.

Outra similaridade dos flamenguistas com os atleticanos é a mudança recente no comando técnico. O treinador Zé Ricardo foi demitido no último domingo (6) sob a justificativa de que não soube fazer o caro elenco do Flamengo render o esperado. Jayme de Almeida, que comandou o time rubro-negro no título da Copa do Brasil de 2013, voltou a treinar a equipe, mas interinamente.

Os cariocas negociam com o colombiano Reinaldo Rueda, que venceu a última Libertadores pelo Atlético Nacional. A chegada do novo treinador está atrelada, principalmente, a expectativa da disputa pela América no ano que vem. Mas Rueda terá ainda este ano a oportunidade de conquistar uma taça e apaziguar as desilusões rubro-negras já que o Flamengo, diferentemente do Atlético, ainda está vivo na Sul-Americana e chegou às semifinais da Copa do Brasil.

Neste final de semana, a equipe carioca sofrerá importantes desfalques. O meia Diego e o atacante Everton cumprem suspensão automática por acumularem três cartões. Paolo Guerrero segue fora por lesão na coxa direita. Em contrapartida, o zagueiro Réver retorna após ter sido poupado contra o Palestino, do Chile.

O Atlético ainda não tem a escalação acertada. Micale aguarda os jogadores serem reavalidados por causa do desgaste físico e define a equipe titular apenas neste sábado (12), em treino fechado à imprensa. Os atacantes Fred e Luan são as principais dúvidas.

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Rafael Carioca e Cazares; Luan (Robinho) e Fred (Rafael Moura). T.: Rogério Micale

FLAMENGO
Alex Muralha; Pará, Rhodolfo, Réver e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Éverton Ribeiro; Geuvânio, Berrío e Felipe Vizeu. T.: Jayme de Almeida

Estádio: Arena Independência, em Belo Horizonte
Horário: 16h deste domingo
Juiz: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

 

Agência Folhapress




  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *