Search
terça-feira 22 agosto 2017
  • :
  • :

Ex-auditor da Receita fecha 1º acordo de delação da Operação Zelotes

O ex-auditor da Receita Federal Paulo Roberto Cortez fechou o primeiro acordo de delação premiada da Operação Zelotes. O acordo foi homologado no último dia 4 pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal, em Brasília.
As tratativas foram negociadas com o procurador Frederico Paiva, da Procuradoria da República no Distrito Federal (PR-DF). Cortez foi conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), tribunal administrativo onde as empresas recorrem das multas da Receita Federal.
A Zelotes apura esquema de compra de decisões do órgão. As empresas estão sob suspeita de pagar para os conselheiros a fim de economizar milhões de reais com as multas. Em 2015, em um das primeiras diligências da Zelotes, a Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 300 mil na casa de Cortez
Cortez e Nelson Mallmann, seu sócio numa consultoria, foram grampeados pela PF com autorização judicial. Segundo o relatório da investigação, na conversa, Cortez diz que recebeu do conselheiro Valmir Sandri recado para “parar com esse ‘troço’ de ficar falando e fazendo denúncia”.
Em abril de 2016, Cortez foi denunciado sob acusação de corrupção para obter decisão favorável em processo do empresário do ramo de bebidas Walter Faria, dono da cervejaria Petrópolis.

LETÍCIA CASADO (FOLHAPRESS)




  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *